terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Benjamin Button


F. Scott Fitzgerald sempre foi dos meus autores preferidos. Há muitos anos (ponham tempo nisso), assisti Suave é a Noite, baseado na obra do autor. Lembro de não ter gostado. Fui ver O Curioso Caso de Benjamin Button e me deparo com a seguinte realidade: a história é do meu amado Fitzgerald. Brad Pitt (sei que tem gente que torce o nariz para ele) está impressionante como Benjamin. Fico temerosa, não quero entregar o filme, logo vou dizer o que importa: larguem tudo o que estiverem fazendo e fiquem 2h45min no cinema porque vale cada minuto. O filme é envolvente desde o começo e a gente nem sente o tempo passando. Vá e confirme!! Ah, o diretor é David Fincher. Precisa dizer mais?

14 comentários:

Renata disse...

Profe querida, obrigada pela sugestão. Estava com vontade de ir ao cinema, mas com dúvidas sobre qual filme assistir. Acho que agora já sei ;)
Tenho o livro Suave é a Noite em casa, mas nunca li. São tantos a ler... Recomenda?
Será minha profa. em Teoria da Comunicação II. Gostei da I, apesar de ser realmente teórica, hehe.
Beijão!

Beto Canales disse...

Sabe que acontece uma coisa estranha em alguns filmes? Lembro uma vez que vi um que chamava - putz, esqueci o nome- mas tratava da história de um negro grandalhão que fora injustamente acusado de um crime.Ele era excepcional. Recordo que ao final, tinha filas de homens chorando frente ao banheiro e as mulheres nem aí. Sei não, mas creio que o Button seja a mesma coisa, só invertendo o sexo.
Esrava justamente escrevendo sobre ele.
Obrigado pela lembrança. Fico muito honrado.
Beijão

Anônimo disse...

é, um filme que ainda fica rolando, depois que termina as 2h45m

Adri Antunes disse...

Biba!!!!! querida, volteii! que saudades! sim, eu concordo contigo, tb assisti ao filme e fiquei impressionada com vários aspectos: roteiro, luz, fotografia, adaptação, atuação de Brad, e principalmente, há um resgate da confiança e do amor incodicional que me fizeram chorar por um bom tempo depois!
um bjuuuu enormeee!
te adoro!

Biba disse...

Oi Renata, recomendo Suave é a Noite, o livro é muito bom e aí você vai conhecer o estilo de Fitzgerald.
Teoria II, como o nome já diz também é realmente teórica. Mas a gente faz uns exercícios legais para que tudo se torne mais ameno e criativo.
Beijão
Carpe Diem!!!

Biba disse...

Será que é assim, Beto? O filme oferece uma riqueza de detalhes, a fotografia é primorosa, cenografia marcante, enfim é um belo filme que deveria agradar a ambos os sexos. Não penso só na história.
Beijo grande,
Carpe Diem!!

Biba disse...

Anônimo, concordo com você. Eu fiquei vários dias pensando no filme. Até agora, me vem flashes à mente. E dá muito o que refletir sobre a vida.
Beijo,
Carpe Diem!!!

Biba disse...

Adri, que bom que você voltou! Senti muito sua falta esse tempo todo. Sim o filme tem aspectos técnicos muito bons e atuações incríveis. Esse amor incondicional é tudo o que queremos...
Bom retorno, então!!
Bjuss
Carpe Diem!!
Te adoro!

Luiz Gonzaga B. Jr. disse...

Ta anotado!!!!

Caco disse...

Estava morrendo de vontade de ver o filme, sabe? Não consegui ir na semana passada e no finde eu viajei.
O teu post me fez querer ir ver. A-go-ra.
Hoje, quando sair da redação vou despencar para um cinema.

bjs

Biba disse...

Luiz, anote e veja!!

Beijos,
Carpe Diem!!

Biba disse...

CACO, é isso mesmo, você deve despencar para o cinema mais próximo e ver a delicadeza e humanidade contidas em Benjamin.
Beijo beijo
Carpe Diem!!!

Daia disse...

Já tinha visto sinopses e comentários a respeito do filme e agora fiquei com mais vontade ainda de ver.

Beijo!

Biba disse...

Daia, então aproveite esses dias de férias e vá conhecer Benjamin, ele é muito especial.
Beijo,
Carpe Diem!!!