sábado, 7 de março de 2009

Charles Baudelaire


Quem não souber povoar sua solidão, também não conseguirá isolar-se entre a gente.

8 comentários:

Franzé Oliveira disse...

Se somos muitos solitários, como podemos ser só? Somos unidos na solidão.

Biba disse...

Pode ser Franzé, tantos solitários que até se unem nessa solidão. Bonito.
Beijo,
Carpe Diem!!

glória disse...

uma solidão pode ser povoada de amores que se fincam no pensamento. um elo invisível nos interliga na solidão fértil e tantas vezes, diante de uma multidão amorfa, somos remetidos a um deserto. gostei da imagem,ela me evocou as deusas que sabiam mover-se entre as brumas. que enxergavam suas solidões. bjs

Dayse Moura disse...

Somos mesmo, literalmente, unidos na solidão.:'(

beijo grande.

Dayse Moura disse...

demora (ou não), mas passa.

Biba disse...

Enxergar sua própria solidão., Glorinha é o que mais me fascina. Saber dela e aceitá-la. A imagem é bem apropriada, não?
Beijos
Carpe Diem!!!

Biba disse...

Oi Dayse, a solidão nos tornando solidários uns aos outros é uma imagem que me agrada. Como disse a Glória uma solidão pode ser povoada de amores...
Beijos
Carpe Diem!!

Biba disse...

Dayse, acho que a solidão é cíclica, vem e vai, depende muito do nosso momento interior.
Bj
Carpe Diem!!!