sexta-feira, 20 de março de 2009

Adriana Calcanhoto


se você quer amar
não basta um só amor
não sei como explicar
um só sempre é demais
pra seres como nós
sujeitos a jogar
as fichas todas de uma vez
sem temer naufragar

8 comentários:

glória disse...

eu sou de uma intensidade sem reservas, amo um só, de cada vez. Sou uma náufraga que observa o movimento das ondas. bjs

Biba disse...

às vezes é preciso naufragar...
Beijos
Carpe Diem!!

Adri Antunes disse...

disse tdo esse trecho da música! adoreii! um bjuu e bom início de fim de semana!

Dayse Moura disse...

Amar uma só vez já nos esgota.
Boa música.

Beijo Biba.!

Biba disse...

Bju Adri e bom findi pra voce também!!!
Carpe Diem!!!

Biba disse...

Boa música pra você também Dayse.
Bjuss
Carpe Diem!!!

Liene disse...

Biba,
Às vezes é preciso arriscar. O amor é feito de desafios...
Um abraço e bom final de semana!

Biba disse...

Também, acho, Liene, o amor é feito de desafios!
Beijo e bom findi!
carpe Diem!!!