sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

As palavras


"...mas quais são as palavras que nunca são ditas?"

Lembro de ter ficado marcada por duas palavras durante anos da minha vida: imaginário e tessitura. Mas não são lindas?! As palavras, conforme ditas/escritas, têm um sabor muuuuuuuuito especial. Nesta sexta-feira acordo pensando em palavras saborosas, românticas, evanescentes
(esta já uma que gosto!):
icônico indexical libertário franzido rebelde inusitado impalpável intempestivo gestualidade infinito capadócia sublime tenro terno (olha!!) refilado a priori imprevisto cálido invisível intangível catavento harmonioso sagrado espelho... espelhado...
e por aí vai. Quais suas palavras prediletas?

..." muitas palavras saíram de cartaz"...

6 comentários:

Adri Antunes disse...

uauuu, tb adoro palavras, vamos as minhas:
brincar, borboleta, suflê, insuflar, pedra, cascalhar, açoite, soar, miúdo, árvore, reportar, plumas, metáfora, eco-eco-eco, ehehe
adoro palavras, palavrear, tem uma livraria em porto que adoro tb, palavraria...ehehe
um bjuuuu

Biba disse...

das suas palavras eleitas também gosto de borboleta, açoite e plumas, mas palavraria é o máximo!!!
bjus
carpe diem!!!

sr. dédalus disse...

humano subjetivo cataclismo contraditório contraste instinto cúpula crepúsculo nuvem arrebol aurora conotação antagônico literatura autoral libélula silêncio

Biba disse...

crespúsculo, arrebol, aurora, silêncio... essas palavras mexem comigo Sr. Dédalus.
Bju
Carpe Diem
PS: ouvindo Neil Young das antigas

Daia disse...

adorei esse post.
todos temos palavras preferidas =)

as minhas são beijo, nuvem, destro, colorido, armário, centauro, escalímetro, porcentagem, incrível, abdicar,... enfim, muitas.
hehehe

beijos prof!
boas fériasss!

Biba disse...

centauro é linda essa palavra. gosto de repetir: centauro centauro centauro...

bju Daia
carpe diem!!!!