domingo, 4 de janeiro de 2009

Domingo para a Língua Portuguesa ou Madagascar?

Estava relendo "Secreta Mirada" da Lya Luft, mas é um livro meio doído, como todos os outros dela. Em tempo de férias, melhor evitar a dor, se assim pudermos fazer. Aí tava ouvindo Drexler e ele e a Maria Rita cantam "Soledad". Algo no ar, pensei. Vamos optar pelo rock dos eternos Stones e deu. Nada de ficar pensando muito, elaborando sentimentos, porque meu analista está em férias e eu não seguro certas coisas sozinha. Vou virar Woody Allen, que faz análise há quinhentos anos e mesmo assim casou com a filha adotada. Credo! Menos, né? Mas é isso, o domingo vem com sua lentidão de domingo. Moroso, estratégico. É porque este é um dia fácil de a gente se perder por aí, em lembranças e coisas do gênero. Melhor encasular-se um pouco nos domingos ou então sair de casa e esquecer o dia. Fazer algo diferente (o quê? leva acento ainda?). Boa idéia, digo ideia. Estudar a nova ortografia no domingo! hehe! Haja!!! Quem sabe assistir "Madagascar" no cinema e rir a valer daquela onda toda dos bichos? Vai saber!

6 comentários:

Daia disse...

Mais essa da Língua Portuguesa... é super estranho escrever agora, fico me perguntando se está certo. Eu gostava tanto de usar o trema. E idéia sem acento! Onde já se viu ideia? Parece um daqueles nomes de carros, tipo marea...

sugiro que escolha Madagascar!

Beijos prof!

Maverick disse...

NAo fica assim num domingo xerrie. Antes eu tomava fim de semana como a altura de fazer aquilo que no trabalho nao deu para fazer na semana, de repente eu dei por mim a pensar; PERA! esse tempo ai de fim de semana e para renovar, para voar, para recobrar que a segunda feira vem ja ai. Desde então encaro o fim de semana e o domingo em especial como o dia de voar por voar, disparatar mas nnunca mas nunca racionalizar minha querida.
Parte a louça, vai a praia (aqui esta um frio do catano!brrrr) diz pra ti, olha hoje eu quero e soltar o galho e voar. Nao fiques pensando para dentro voa pra fora.

Amanha logo chega a porra da segunda feira que nos da mais que tempo para racionalizar e perguntar isto e aquilo.
Beijos, Fica bem

Biba disse...

Daia, nem Língua Portuguesa nem Madagascar!! Fiz um soninho bom enquanto chovia e depois ouvi música a tarde toda. Foi bom fazer algo assim, mais zen.

Beijos,
Carpe Diem!!!

Biba disse...

Maverick, olá! Você tem toda a razão, o domingo deve ser algo mais... pra fora. Voar, livre! Acabei fazendo isso sem querer, eu acho. Dormi sem culpa e depois ouvi muita música sem pensar em nada específico. É mais ou menos isso, né? Nada de ficar pensando pensando.

Bju,
Carpe Diem!!!

Caco disse...

Li esse post e me identifiquei. Fiquei com vontade de te dar um abraço. :-)

Biba disse...

Caco, querido do coração, eu quero esse abraço, ainda que virtualmente. Obrigadaaaaaaaaaa!

Beijos,
Carpe Diem!!!