sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Normalidade

O sol brilha e faz um calor de Macondo. Ouso sorrir e vejo que é bom. Ouso sonhar coisas impossíveis e vejo que há alegria nisso. Já não me perturbam as animosidades, as tristezas. Uma vez, alguém me disse guerreira e não acreditei. Hoje vejo que sim. Venço uma batalha por vez. Capitulo, às vezes. Mas sempre volto renovada desse lugar de desesperança provisória.

10 comentários:

Beto Canales disse...

legal

Franzé Oliveira disse...

As animosidades deveriam sair da vida da gente, viu?
É bom se sentir bem, esperançoso.
Vamos lutar sempre.
Bjos menina.

Desmanche de Celebridades disse...

Olá,
Somos o Desmanche de Celebridades.
Um blog que apesar de ter nome de site de fofocas,hahahaha,apresenta uma proposta bastante diferente disso. Na verdade a palavra desmanche vem representar a tentativa de desconstrução daquilo que julgamos digno de crítica.
Chegamos até aqui no intuito de divulgarmos o nosso trabalho, pois acreditamos que discutir temas relevantes para nossa sociedade é fundamental.
Temos pesquisado e selecionado blogs muito bons, com pessoas dispostas a discutir e debater problemáticas variadas com a gente.
Prometo voltar em breve para ler e opinar a respeito dos seus textos, como sempre faço nos blogs que sigo.

Abraços.

Thomaz Ribeiro disse...

Como é árduo esse eterno fluxo em que nos destruímos e nos recompomos. A vida é assim mesmo, esse eterno devir.

Biba disse...

Beto, agradeço publicamente por você colocar meu livro de contos no seu blog!! Valeu!!

Beijo
Carpe Diem!!

Biba disse...

Sim, Franzé, vamos lutar sempre!!

Beijos
Carpe Diem!!

Biba disse...

Olá, obrigada por seguirem meu blog. Visitarei o de vocês.

Carpe Diem!!!

Biba disse...

Thomaz, gostei muito do seu comentário. A vida é bem isso.

Beijos
Carpe Diem!!

Renato Hemesath disse...

Olá Biba, faz algum tempinho que a sigo, e tempos também que não venho ler tuas postagens.

Este post assim como o anterior me fizeram pensar na relação do sujeito com seus próprios objetivos e sentidos que construiu. Afinal, todos vivenciamos situações nas quais é preciso resignificar o modo de enxergar a vida, como um novo encontro consigo.

Um abraço e parabéns pelo blog. :*

Biba disse...

renato, agradeço a visita e suas lindas palavras sobre o post.

Abraço!
Carpe Diem!!