sábado, 7 de novembro de 2009

Berlim

Penso no céu de Berlim. Aquela imensidão. E as ruas, tão largas, no centro. A torre com o anjo. A padaria em que ouvi tocar música brasileira. Os olhos lindos da atendente.Mas, mais que isso tudo, lembro dos passeios pelas calçadas e a igreja com a parte demolida por uma bomba. Berlim... Zoo Station... Enquanto o sábado cresce em nós, a memória serpenteia através do tempo. Faço planos de uma viagem para algum lugar já conhecido ou não. Indecisa, deixo as lembranças me roubarem os pés do chão. É quase como sonhar.

4 comentários:

Caco disse...

A querida Berlim protegida pelo anjo da Coluna da Vitória. O parque Zoo abaixo. A cidade que um dia foi duas me traz lembranças de cheiros, aromas e sentimentos.

Beijos
CACO

Renato Hemesath disse...

Olá, elaborei um blog e resolvi fazer a divulgação do mesmo.

Achei interessante os temas abordados por ti, me propus a segui-lo.

Ótimo domingo!

Biba disse...

CACO, a querida Berlim é assim, nos deixa esses cheiros e sentimentos vívidos após anos de se ter estado lá...

Beijos, muitos
Carpe Diem!!

Biba disse...

Olá Renato! Obrigada por tornar-se meu amigo virtual, Visitarei seu blog.

Ótimo domingo pra você também!!
Carpe Diem!!