domingo, 1 de julho de 2007

Os riscos são tantos
nesse tracejado louco
A vida paredeando o
insuportável
rebenta,
fere,
dissipa amenidades.
Os riscos riscam
possibilidades
sonhos
- Tantos matizes!-
Os riscos
revelam!
São tantos,
são tontos?
São belos os riscos
irrefreáveis
com a vida empurrando
o gado
com o gado derrubando
as cercas.

5 comentários:

Virginia Woolf disse...

eba! a gente vai se ver sábado!!!!!
beijokas

Biba disse...

E então? A Luize vem? E a Bruna e o Leandro? Convidei o Diego tb.

Kisses. Biba

Virginia Woolf disse...

Biba!!!!!!!!!!
sorry n ter respondido antes ( finaleira do semestre, duzentos trabalhos)
só a bruna n vai :(

beijokas e até amanhã!!!!!!!!!!!

ira disse...

oi, Biba! gosto muito de passar aqui e apreciar o q escreves.
são tantos os riscos... estamos todos envoltos por eles, "na insustentável leveza do SER", suportando e reinventando a humana condição, todo dia! bjo.
ira

Biba disse...

Ira,

adorei sua mensagem. Obrigada por visitar o blog! Beijos muitos. Biba